Fadiga Ocular

Fadiga Ocular: O que é, quais os principais sintomas e como evita-lá

#ParaCegoVer  Na imagem aparece um homem em frente a um computador, sentido um desconforto nos olhos

O que é?

Já se deparou com as suas pálpebras tremendo involuntariamente, sua visão ficando desfocada/embaçada de maneira desregulada ou com uma vermelhidão incomum dos olhos? Isso pode ser um sinal de um esforço ocular excessivo, esse esforço excessivo também pode ser chamado de: Fadiga ocular. 

A fadiga ocular não é considerada uma doença, portanto o desconforto junto com os sintomas que ela causa, podem impactar negativamente na nossa qualidade de vida.

Essa tensão nos olhos pode ser acarretada por diversos fatores, tais como, uso excessivo ou incorreto de objetos com tela azul (celulares, televisões, computadores), estresse, sono desregulado, uso de óculos que não correspondem com o grau prescrito, todos esses podem ser sinais causados pelo cansaço dos olhos.

 

Quais são os principais sintomas?

 Visão embaçada, dores de cabeça frequentes, irritação, sensação de cansaço, coceira, vermelhidão e ardência nos olhos.

Como evitar?

 A fadiga ocular pode ser evitada com simples mudanças em nossos hábitos, como, manter a distância ideal de telas (evitando também o seu uso excessivo), não realizar esforços oculares com frequência, manter o sono regulado, diminuir o estresse e descansando os olhos com breves intervalos durante o dia. Essas são medidas que podem evitar tais sintomas. Porém, é indispensável também que se use o grau de óculos apropriado!

(Todos os nossos textos ou conteúdos médicos/científicos são revisados por profissionais especializados).

Deixe uma resposta